Bela, mas mortífera!

28 de Janeiro de 2013
Clique para ver a imagem maior

Há uma regra na natureza: quanto mais belo, mais mortífero! É o caso dos animais, insetos e flores mais coloridos que são quase sempre os mais venenosos. As coisas não são diferentes no espaço. Esta imagem mostra uma bolha de gás cor-de-rosa brilhando num fundo cintilante de estrelas. Bem, esta bonita nuvem é outra das belezas perigosas da natureza — está a lançar para o exterior enormes quantidades de intensa radiação mortífera!

A brilhante nuvem de gás e poeira nesta foto é chamada uma 'Superbolha'. Superbolhas encontram-se em áreas onde bastante recentemente se formaram muitas estrelas massivas. Estas estrelas bebé sopram ventos intensos. Estrelas massivas 'vivem rápido e morrem jovens', aceleram através das suas vidas para explodir como poderosas supernovas. São esses eventos destrutivos que esculpiram o centro da nuvem, deixando para trás apenas um anel de gás e poeira.

O caos que ocorre dentro dessas bolhas supergigantes estende-se muito para lá da nuvem oca, na forma da perigosa radiação de raios X. Os cientistas descobriram que esta nuvem em particular, emite 20 vezes mais radiação do que o esperado! Então, aqui está outro exemplo de algo que é bonito, mas pode ser mortífero! O nosso conselho: disfrutar das coisas belas mas sempre a uma distância segura!

Cool Fact!

Esta superbolha está escondida dentro de uma galáxia anã vizinha, chamada Grande Nuvem de Magalhães. Sim, adivinhou; galáxias anãs são galáxias minúsculas, a de menor dimensão conhecida é cerca de 20 milhões de vezes mais pequena que a nossa galáxia, a Via Láctea!

Descarregar
Go to: www.spacescoop.org
This Space Scoop is based on a Press Release from:
Chandra X-ray Observatory
more news