A Grande Explosão que Ninguém Viu

27 de Junho de 2013
Clique para ver a imagem maior

Uma ou duas vezes em cada 100 anos, uma bomba nuclear gigantesca é detonada na nossa galáxia. Em apenas algumas semanas, liberta tanta energia como o nosso Sol em toda a sua vida! Esta poderosa explosão é chamada de “supernova” e é o resultado de uma estrela que acaba dramaticamente a sua vida.

Na nossa galáxia, a Via Láctea, a explosão mais recente aconteceu há cerca de 100 anos. Mas infelizmente para os nossos tetra-avós, a explosão estava escondida por espessas nuvens de gás e poeira cósmica, distantes da Terra. Não lhes foi então possível testemunhar este raro acontecimento. Devido a esta poeira cósmica só em 2008, um grupo de astrónomos conseguiu finalmente deparar-se com os restos da estrela destruída que pode ver nesta imagem.

Normalmente, quando se produz uma supernova como esta, o material da estrela é projetado uniformemente em todas as direções. Este forma uma nuvem mais ou menos organizada e simétrica, mas o objeto da imagem não segue este padrão “elegante”. A maioria do material da estrela foi projetado para a parte superior da imagem e ainda está viajando nessa direção extremamente rápido. A partir destas pistas, os astrónomos concluíram que esta explosão de supernova deve ter sido invulgarmente energética e desastrosa!


Cool Fact!

Tanto quanto sabemos, a última supernova na Via Láctea ocorreu há mais de 100 anos. Se em média, estas acontecerem a cada 100 anos ou mais, muito brevemente deverá observar-se outra. Mantenha os seus olhos bem fixos no céu e poderá ser o primeiro a identificá-la! Houve uma supernova famosa no final do século XX chamada SN1987a. Esta explosão ocorreu numa galáxia próxima e foi tão poderosa que foi visível durante quatro meses!

Descarregar
Go to: www.spacescoop.org
This Space Scoop is based on a Press Release from:
Chandra X-ray Observatory
more news