Um Colossal Choque Cósmico

28 de Agosto de 2013
Clique para ver a imagem maior

Embora a maravilhosa estrutura em remoinho desta galáxia e a presença do halo cor de rosa confiram a esta imagem um toque de serenidade e magia, na realidade estamos perante um acontecimento bastante violento. Nesta imagem está a ocorrer um choque galáctico entre a grande galáxia em espiral e a pequena galáxia anã que é possível observar-se à direita. A névoa rosa é na verdade uma enorme nuvem de gás ardendo a milhões de graus Celsius que se forma quando estas galáxias chocam entre si! Esta nuvem é praticamente invisível a olho nu mas o gás brilha intensamente com luz de raios X extremamente energética a temperaturas extremamente elevadas.

Perto da “cabeça” desta nebulosidade em forma de cometa é possível observar uma área com um conjunto de estrelas muito brilhantes. A energia do choque pode ter desencadeado nesta zona uma intensa formação estrelar. As poderosas explosões das estrelas que terminam a sua existência e os poderosos ventos provenientes de estrelas quentes e brilhantes ajudam a nuvem a manter todo o seu brilhante esplendor em raios X.

É difícil de medir o tamanho da nuvem uma vez que também não é fácil determinar a forma de objetos cósmicos distantes. Apenas dispomos de imagens planas a duas dimensões e obviamente que não podemos dirigir-nos ao local para dar uma vista de olhos! Será que esta fina névoa rosa tem forma de panqueca? Ou será mais espessa como uma gorda nuvem de chuva? Até descobrirmos a forma não será possível determinar o seu tamanho. Se for fina como uma panqueca terá 40 000 vezes a massa do nosso Sol. Se for mais esférica será 3 milhões de vezes mais massiva que o Sol!

Cool Fact!

Na Terra, quando ocorre um choque entre dois carros não dura mais do que uma fração de segundo. Mas, uma colisão entre duas galáxias dá-se em câmara lenta, durante milhões de anos. Os astrónomos acreditam que este impacto irá prolongar-se por mais 50 milhões de anos!

Descarregar
Go to: www.spacescoop.org
This Space Scoop is based on a Press Release from:
Chandra X-ray Observatory
more news